Voltar O Património Industrial das Astúrias em 8 museus

2022-09-29 12:36:00.000

As Astúrias são uma terra rica em património industrial, devido ao facto de ter sido um dos locais que protagonizou as primeiras revoluções industriais na Europa Ocidental. Mas tudo isto não aconteceu por acaso, pois desde os tempos pré-históricos e nos alvores da história já existiam explorações mineiras e invenções ligadas aos metais, à utilização da água, bem como outras invenções.

Uma visita a 8 museus mostrar-lhe-á a grande variedade e a história do património industrial das Astúrias!

Na nossa foto de cabeçalho, uma imagem do castelo do poço de Sotón, com o rio Nalón em primeiro plano.

 

O Museu da Mina de Arnao em Castrillón

 

O Museu da Mina de Arnao permite-lhe conhecer de perto uma mina única na Europa, por várias razões: é a mina de carvão mais antiga da Península Ibérica, o poço vertical mais antigo das Astúrias e a única mina subaquática da Europa.

Mina de Arnao (Castrillón)

Mina de Arnao (Castrillón) ©Iván Muñiz

Como se tudo isto não bastasse, a Mina de Arnao está situada numa paisagem costeira privilegiada da costa central das Astúrias, mais concretamente no concelho de Castrillón.

Encerrada em 1915, conserva ainda a sua impressionante torre de madeira - declarada Bem de Interesse Cultural - e as suas galerias subterrâneas que, com quase duzentos anos, permitirão reviver o ambiente de uma mina primitiva.

Sem dúvida, a mina de Arnao é um dos patrimónios mineiros mais emblemáticos de Espanha!

 

A aldeia mineira de Bustiello em Mieres

 

Situado numa planície nas margens do rio Aller, o assentamento mineiro de Bustiello, em Mieres, surgiu da necessidade urgente, no final do século XIX e início do século XX, de localizar os trabalhadores das bacias mineiras num espaço urbano especialmente concebido para eles.

Poblado minero de Bustiello (Mieres)

Cidade mineira de Bustiello (Mieres) ©Roberto Álvarez Espinedo

A aldeia, cuja construção foi iniciada em 1890 e concluída em 1925, possui todos os equipamentos básicos para facilitar a vida dos seus habitantes: habitação, escolas, sanatório, farmácia, capela, casino, etc.

Pioneiro no seu tempo, este projeto urbanístico foi o único do seu género a concretizar-se. Encontra-se atualmente em bom estado de conservação e foi declarado Bem de Interesse Cultural.

Bustiello é uma imersão na vida operária de há um século e, se a visita for guiada, melhor ainda!

 

Ecomuseu Mineiro do Valle de Samuño em Langreo

 

O Ecomuseu Mineiro Valle de Samuño, em La Nueva (Langreo), é um lugar único e muito agradável para viver uma jornada mineira. Situado em Pozo San Luis, poderá desfrutar de um dos melhores exemplos de arquitetura cultural ao serviço da indústria. O castelo e a casa das máquinas são de uma beleza única e estão muito bem conservados.

Ecomuseo Valle de Samuño (Langreo)

Ecomuseu do Vale do Samuño (Langreo) ©Jesús Alfaro

Além disso, é possível viajar num comboio mineiro, o que torna a experiência ainda mais aventureira.

Nos arredores, a aldeia de La Nueva permite contextualizar como era a vida quotidiana neste vale há décadas atrás.

Um Ecomuseu para conhecer um pouco mais sobre a vida mineira em Langreo!

 

 El Pozo Sotón em San Martín del Rey Aurelio

 

O Pozo Sotón é uma emblemática mina de hulha situada entre El Entrego/L'Entregu e Sotrondio, no município de San Martín del Rey Aurelio.

Desde há alguns anos, alberga o Centro de Experiências e Memória da Mineração e oferece a aventura única de uma visita às suas galerias subterrâneas, guiada por mineiros profissionais. Também é possível visitar as instalações exteriores, bem como a área do Memorial, onde se encontram centenas de nomes de trabalhadores que morreram na atividade mineira.

Em Pozo Sotón sentir-se-á como um mineiro por um dia!

 

Museu da Indústria e das Minas das Astúrias (Mumi) em San Martín del Rey Aurelio

 

O Museu das Minas e da Indústria das Astúrias (Mumi) é o museu mais antigo das Astúrias de todos os que se dedicam ao património industrial da região e está situado em El Entrego/L'Entregu (San Martín del Rey Aurelio).

Museo de la Minería e Industria de Asturias (Mumi) (San Martín del Rey Aurelio)

Museu de Minas e Indústria das Astúrias (Mumi) (San Martín del Rey Aurelio) ©Mampiris

Construído sobre a antiga escombreira do histórico poço de San Vicente, reúne uma amostra completa do que foi a atividade mineira nas suas diferentes facetas - humana, técnica e social - e recria o ambiente de uma verdadeira mina na chamada "imagem-mina", para além de possuir um caminho de ferro mineiro.

Ideal para tomar um verdadeiro banho de mina!

 

Museu Etnográfico de Quirós. Quirós

 

O Museu Etnográfico de Quirós, situado em antigos fornos de fundição, encontra-se no concelho de Quirós, no centro-sul das Astúrias.

Museo Etnográfico de Quirós (Quirós)

Museu Etnográfico de Quirós (Quirós) ©Jano Foggia

É um espaço que ilustrará a industrialização desta zona no século XIX, com a chegada de empresas estrangeiras, a construção da estrada e do caminho de ferro, bem como os altos-fornos.

Ao mesmo tempo, poderá também apreciar de forma agradável e didática a transformação da vida camponesa, que evoluiu com o desenvolvimento da exploração mineira. A vida camponesa está muito bem apresentada e representada no museu: os estábulos para os animais, o lagar de sidra, os ofícios tradicionais, a vida familiar, o ambiente rural, o trabalho camponês, a solidariedade entre vizinhos, a peregrinação, etc.

No espaço exterior, encontrará construções típicas: espigueiro, fonte, bebedouro, lavadouro, jogos tradicionais, etc.

Um museu ideal para tomar o pulso à vida de outrora!

 

Museu Ferroviário das Astúrias em Gijón/Xixón

 

O Museu Ferroviário das Astúrias está situado em Gijón/Xixón, num dos bairros históricos operários da cidade: Natahoyo. Situa-se no espaço outrora ocupado por uma antiga estação de caminhos-de-ferro no final do século XIX.

Museo del Ferrocarril de Asturias (Gijón/Xixón)

Museu Ferroviário das Astúrias (Gijón/Xixón) ©Paco Currás

Um dos atractivos deste museu, que é também um centro de investigação, é que conserva muito bem o estilo arquitetónico da estação original.

Atualmente, o museu possui uma das colecções ferroviárias mais importantes de Espanha, que serve de base para explicar a história industrial das Astúrias através daquele que foi um dos seus elementos fundamentais: o caminho de ferro.

Este museu também organiza exposições temporárias.

 

Fábrica de sidra El Gaitero em Villaviciosa

 

A Fábrica de Sidra El Gaitero, situada nas margens da ria de Villaviciosa, no município com o mesmo nome, tem uma história familiar romântica e curiosa que remonta a 1890 e que se mantém até aos nossos dias.

Fábrica de Sidra El Gaitero (Villaviciosa)

Fábrica de sidra El Gaitero (Villaviciosa) ©Fábrica de Sidra El Gaitero

Uma visita às instalações de El Gaitero, em La Espuncia, permitirá conhecer os 40 000 metros quadrados das caves centenárias - um dos elementos mais representativos do património histórico-industrial asturiano -, bem como a tecnologia de última geração, que permite acompanhar todo o processo de transformação da maçã, desde a sua colheita nos pomares até à sua transformação em sidra.

A fábrica dispõe ainda de uma notável coleção permanente ligada às diferentes etapas e evolução da marca.

 

 

 

Foto da capa:  ©Mampiris

Descarga la guía para disfrutar la cultura de Asturias
Cultura etnografía ferrocarril industria mina poblado sidra
Nós recomendamos você
7 museus etnográficos nas Astúrias para viajar ao passado 7 museus etnográficos nas Astúrias para viajar ao passado Novembro 2022