Etapa 4

Etapa 4: Gijón/Xixón-Villaviciosa

O Cabo Torres, em Gijón/Xixón, o nosso ponto de partida, desempenhou um papel estratégico por iluminar não só os marinheiros, mas também as fábricas de guerra, viajantes e mercadorias desde tempos imemoráveis. A construção do porto de El Musel e a demolição da antiga vigia de Santa Catalina incitaram a erguer esta construção, inaugurada em 1924, num enclave único. No seu interior, encontraremos um espaço museográfico com a história da baía gijonesa e, no seu exterior, um miradouro gráfico com as aves marinhas da zona. Esta península oferece-nos os restos do castro pré-romano de origem astur de Campa Torres, conhecido como Noega. Visitaremos o Parque Arqueológico-Natural da Campa Torres e conheceremos as origens desta cidade ligada ao mar.

Mapa da rota
Parque Arqueológico-Natural da Campa Torres (Gijón/Xixón)Parque Arqueológico-Natural da Campa Torres (Gijón/Xixón).
Esta grande urbe banhada pelo Cantábrico, uma das principais povoações das Astúrias, oferece-nos um sem-fim de possibilidades, que vale a pena, se puder dedicar-lhe mais do que um dia turístico. Percorreremos o bairro de pescadores de Cimavilla para sentir o sabor marinheiro das suas ruas. Está localizado no Cerro de Santa Catalina, coroado pela escultura de "El Elogio del Horizonte", de Eduardo Chillida. Aos seus pés encontraremos a antiga rula, convertida em sala de exposições, escritórios e restaurante; o porto desportivo e as praias de Poente e L'Arbeyal.

El Elogio del Horizonte (Gijón/Xixón)El Elogio del Horizonte (Gijón/Xixón).
Do outro lado, a imponente igreja gótica de San Pedro, o museu com as termas romanas praticamente no seu subsolo e a praia de San Lorenzo, com paragem obrigatória em La Escalerona, um dos acessos mais emblemáticos do areal. Não deixe de visitar o Museu Casa Natal de um dos seus "filhos prediletos", o ilustre Gaspar Melchor de Jovellanos, e o Lavadero, tradicionalmente ponto de encontro de pescadores e redes, hoje convertido num dos lugares com mais ambiente da cidade. Se a estadia o permitir, visite o Aquário. Também não deixe passar a oportunidade de tomar uma sidra e degustar a cozinha tradicional asturiana e marinheira.

Igreja de San Pedro e a praia de San Lorenzo (Gijón/Xixón)Igreja de San Pedro e a praia de San Lorenzo (Gijón/Xixón).
Praia España (Villaviciosa)Praia España (Villaviciosa).
A rota continua pela costa, em paralelo às praias de La Ñora e da Espanha, até chegar a Tazones, com um dos faróis mais bem conservados das Astúrias. Sobre a ponta de Olivo, funciona desde 1864 num amplo ambiente ajardinado com umas bonitas vistas. A sua forma é octogonal, com uma escada de caracol no seu interior através da qual o faroleiro acede até à lanterna que ilumina o Cantábrico.

Farol de Tazones (Villaviciosa)Farol de Tazones (Villaviciosa).
Tazones (Villaviciosa)Tazones (Villaviciosa).
Subir arriba