As Astúrias centrais: aldeias, minas e mar


Na zona centro da região existe tal quantidade de motivos que é impossível não se deixar capturar por eles.

Os amantes do mar e das histórias de marinheiros, dos portos por cujas ruelas empinadas vale a pena perder-se, têm sorte se escolherem apaixonar-se pelo mar no Cabo Peñas, descobrir o encanto do cais da aldeia de El Castillo em Soto del Barco, comer umas sardinhas no marinheiro Candás ou descobrir a história da marinha e do mar no Museu Marítimo de Luanco.

Muito mar, muito porto, mas também muitas praias para todos os gostos e, além disso, muito perto, ao mesmo tempo, de terras peregrinas, de recantos onde vivem ursos, ou montes e florestas onde os rios chamam o viajante com a sua voz de água em forma de cascatas.
Cabo Peñas (Gozón))Cabo Peñas (Gozón).
A Senda del Oso, para além de ser um trilho cicloturista, introduz-nos, por sua vez, em concelhos de enorme beleza como Santo Adriano, Proaza, Quirós e Teverga, onde nos aguardam bonitas aldeias como Bermiego e Banduxuo, faiais como o de Montegrande, moinhos junto ao rio como os de Corroriu e barragens como a de Valdemurio, onde sabe bem comer ou descansar de um dia de passeio em frente às suas águas tranquilas.
Torre do Vázquez de Prada (Proaza)Torre do Vázquez de Prada (Proaza).
Terras do centro asturiano às quais sempre se deseja voltar depois de as descobrir. Tal como acontece a saborear os morangos de Candamo, indo ao domingo ao mercado de Grau/Grado ou surpreendendo-se com a beleza do porto de Cuevallagar, em Yernes y Tameza. Sem esquecer Somiedo, também terra de ursos, de teitos (cabanas tradicionais), de lagos e de brañas (prados) espetaculares, que nunca se conhecem totalmente.

A história das Astúrias e das suas gentes ainda se torna mais presente nas bacias do Nalón e do Caudal, onde, para além de se poder contar com paisagem e natureza para todos os gostos, também se oferece ao viajante o seu património arqueológico industrial, assim como a sua história mineira. Para todos os interessados, há visitas irrecusáveis à Povoação Mineira de Bustiello, ao Museu da Mineração, Museu da Indústria, Poço de Sotón e também ao Ecomuseu Valle de Samuño.
San Tisu (Candamo)San Tisu (Candamo).
Na mochila das Astúrias centrais há muito para guardar. Momentos únicos, como quando se descobre a Cascata de Xurbeo em Aller, a igreja Pré-românica de Santa Cristina de Lena, em Lena, ou quando se sobe o Angliru, onde o ciclismo fez história, em Riosa. Sem esquecer o impressionante Parque Natural de Redes, onde os concelhos de Sobrescobio e Caso competem em riqueza paisagística e oferta de lazer, além de se elaborar nas suas terras uma das joias gastronómicas do Principado: o Queijo Casín.
Tuíza (Teverga)Tuíza (Teverga).
Subir al inicio